Novo Titulo.jpg
cooltext269202428807766.jpg
cooltext203335206451505.gif
54ee1f4a6b414bbc9fc315a9b840703f.jpg

Olá Detetives,


Nesta seção vocês conhecerão a história da Ordem Carmesim ou Crimson Order. Esta é uma sociedade secreta que está por trás de muitos acontecimentos, principalmente homicídios, ocorridos na cidade fictícia de Grimsborough.


Esta sociedade secreta remonta aos idos de 1700, portanto, há muitas coisas de um passado distante que influenciaram crimes ocorridos no presente. Aqui vocês terão a oportunidade de conhecer não só a origem desta sociedade como também seus membros do passado, do presente e as vítimas que eles fizeram ao longo do tempo. Vítimas estas que têm relação com nossas personagens do presente vivido em Grimsborough.


Forte abraço,


Equipe Dé Dicas Criminal Case




cooltext216258591596627.jpg

A Ordem Carmesim soa como uma sátira a uma antiga sociedade secreta conhecida por Illuminati. Só para esclarecer a quem nunca ouviu falar sobre os Illuminati: era uma sociedade secreta fundada na Era do Iluminismo, por volta de 1.776 na Baviera. Esta organização tinha como objetivo estabelecer uma Nova Ordem Mundial. Eles foram cassados e desapareceram na Alemanha por volta de 1.787. Nas telas de cinemas vimos referências a esta sociedade nos filmes Anjos e Demônios e O Código Da Vinci, ambos com Tom Hanks, mas, em Criminal Case a Ordem Carmesim é tão fictícia quanto às cidades de Grimsborough e Pacific Bay; portanto detetives, nada de saírem dizendo por aí que esta sociedade secreta (Ordem Carmesim) existe na vida real...rs.

 

 

 

cooltext216258066398328.jpg

A Ordem Carmesin é uma sociedade secreta fundada em 1642, 372 anos antes dos acontecimentos que ocorrem no Caso de nº 52 – Admirável Mundo Novo. Os membros desta sociedade secreta recorreram à violência, intimidação, assassinato e praticamente qualquer coisa para garantir que eles iriam ficar em segredo e ninguém revelaria suas verdadeiras identidades.


A Ordem foi citada pela primeira vez no Caso 52 – Admirável Mundo Novo e teve seu fim no Caso 56 – Vai Ter Sangue. O grupo foi criado para ser uma sociedade secreta que tinha como objetivo dominar a cidade de Grimsborough e para tanto, cometeu muitos assassinatos, matando os inocentes que pesquisaram, descobriram ou estavam dispostos a revelar a existência da Ordem ou seus segredos mais funestos.

cooltext216258486699177.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FITA_AMARELA.jpg
cooltext216260485214846.jpg

Detetives,


Conheçam agora alguns membros do passado e do presente, pertencentes a Ordem Carmesim ou Crimson Order.  

William Kinsgley – foi um Oficial Peregrino que viveu nos idos de 1.600 e era ancestral de Samuel King. Assim como Chefe King, William ocultava todos os crimes cometidos pela Ordem Carmesim em seu tempo.

 

Solomon Grimmes - Antepassado de Milton Grimmes e Sandy Grimmes. Solomon foi um dos peregrinos que em 1.640 sobreviveram ao frio intenso e a fome do Novo Mundo, que posteriormente se tornou a cidade de Grimsborough. Os peregrinos sobreviveram ao frio intenso graças aos índios Aloki que os encontraram, levaram para sua aldeia e cuidaram deles. Solomon seduziu e enganou a índia Aloki, Inaya. Jurou amor eterno à pobre índia e com ela se casou. Só que a verdadeira intenção de Solomon era se apoderar de uma mina de ouro existente nas terras Aloki.





 

Geert De Haan - antepassado de Kirk De Haan,foi um reverendo dos peregrinos que viveu por volta dos idos de 1.600. Geert era conhecido por ser uma pessoa praticante da biblía, acreditar em Deus e em milagres. Geert teve um filho com a prostituta Harriet Gatewood, antepassada de Rosie Gatewood. Para esconder sua culpa, a Ordem Carmesim resolveu ajudá-lo, sob a promessa que Geert lideraria os peregrinos. Aceita a proposta, Geert disse ter encontrado um bebê na caverna e esta criança passou a ser conhecida como "Bebê Milagroso", pois, De Haan fez todos acreditarem que aquela criança era um milagre de Deus e que a partir daquele dia ele lideraria o povo graças a este milagre de Deus.


Samuel King –  era o Chefe de Polícia de Grimsborough, tinha 75 anos de idade e se suicidou em 2.013 após matar Adam Bentley. Samuel era membro da Ordem Carmesim e após descobrir um grande segredo da sociedade secreta ameaçou deixá-la, foi quando um membro da Ordem, Shane Kolinsky, matou sua esposa, Donna King, como forma de manter Samuel King na sociedade secreta. O verdadeiro motivo sobre o suicídio de Samuel King foi: após matar Adam Bentley, King sabia que se fosse pego vivo pela sua equipe a Ordem Carmesim mandaria matar sua neta, Cathy King e depois o matariam, pois era assim que a sociedade secreta agia. Com medo e para proteger sua neta, que era o que ele mais amava no mundo, Samuel King optou por se suicidar.


 

Milton Grimmes - Diretor de Presídio. Milton é tio de Sandy Grimmes, assassinada por Shanaya Peota. Milton é o líder da Ordem Carmesim e tinha a intenção de se apoderar da mina de ouro que pertencia aos índios Aloki e devolvê-la para a Ordem. Com isto Milton esperava dominar Grimsborough.



 

Howard Johnson - Prefeito da cidade de Grimsborough, filho de Serena Johnson e membro da Ordem Carmesim. Foi preso junto com Alden Greene durante um ritual da sociedade secreta. Motivo da prisão de Howard: envolvimento nas atividades ilícitas da Ordem Carmesim. Ele foi condenando a prisão perpétua em confinamento solitário e perdeu seu mandato.



 

Ashton Cooper – 44 anos de idade. Ashton foi preso após matar Rosie Gatewood à mando da Ordem. Rosie havia feito descobertas sobre a sociedade secreta e iria divulgá-las. Ashton foi procurado por membros da Ordem que diziam estar orgulhosos pela sua família ser uma das fundadoras de Grimsborough e para que pudesse se juntar a Ordem Carmesim, Ashton teria que matar Rosie, que ameaçava divulgar os segredos da sociedade secreta.



 

Shane Kolinsky – não se sabe muito sobre ele, apenas que era um membro da Ordem Carmesim e a mando desta, matou Donna King, esposa do Chefe de Polícia de Grimsborough. Shane foi preso e condenado a 30 anos de prisão, mas morreu na prisão de intoxicação alimentar duas semanas após ser condenando.





 

Alden Greene – empresário, 58 anos de idade e membro da Ordem Carmesim. Alden foi preso após matar a jornalista Rachel Priest a mando da Ordem. Alden foi preso durante um ritual da sociedade secreta, quando Jones e sua equipe se  disfarçaram de membros da Ordem. O sonho de Alden é que a cidade de Grimsborough pertencesse a Ordem Carmesim. 


 

Luna Hucate – praticante de bruxaria na cidade de Grimsborough. Luna era descendente da peregrina Theodora Hecate, que sabia a identidade de todos os membros da Ordem Carmesim. Luna afirmou a Jones que não sabia a identidade dos membros da sociedade secreta, pois, Theodora era muito boa em guardar segredos e jamais o revelou a seus descendentes. Luna foi condenada a 25 a nos de prisão pela morte de Tess Goodwin, a quem foram atribuídos métodos dos assassinatos em série no distrito da Universidade.


 

Serena Johnson – 85 anos de idade, mãe do Prefeito de Grimsboroug e membro da Ordem Carmesim. Serena tinha o mesmo sonho de Alden Greene: que Grimsborough pertencesse a Ordem Carmesim. Serena foi condenada a prisão perpétua, em confinamento solitário, por ser a mandante do assassinato de Adam Bentley e por envolvimento em atividades ilícitas da sociedade secreta.


 


cooltext216260804144943.jpg

Detetives,

 

Nesta seção vocês conhecerão alguns ancestrais de personagens já conhecidas nossas. 

 

Você deve estar se perguntando: mas qual a relação dessas personagens históricas com os crimes ocorridos em Grimsborough? 

 

Explicamos: por volta do ano de 1.643 um grupo de navegantes aportou em uma terra desconhecida, a qual chamaram Novo Mundo vindo a se tornar futuramente, a cidade de Grimsborough.

 

Esta terra era habitada por índíos Aloki e nela os peregrinos se estabaleceram. Com a participação menor ou maior de algumas personagens, muitos crimes ocorridos no presente, têm relação com atos desses antepassados.

 

Então, apresentamos à vocês os ancestrais de algumas personagens de Grimsborough.

          

William Cooper - fundador da cidade de Grimsborough e ancestral de Ashton Cooper. Não se sabe muito sobre William, além de que em 1845 ele fundou Grimsborough a partir das sobras de um pequeno povoado peregrino. William estava sempre acompanhado de seu fiél cachorro Ellington Na praça do Centro Histórico há uma estátua de William e seu cão Ellington.



         

Claire Bell - ancestral de Constance Bell. Claire era amiga de Mary Goodwin e foi a responsável por guardar as provas sobre a Ordem Carmesim, entregues por sua amiga antes de morrer.

        

Beatrice Brown - bisavó de Camilla Brown. Beatrice serviu como governanta na mansão Elm Manor por volta de 1800 e, após sua morte, todas as mulheres de sua descendência serviram também na mansão, incluindo Camilla.

       

Ismael Cavendish - era o capitão do navio que trouxe os peregrinos até o Mundo Novo e é o ancestral de Herman Cavendish.


         

Harriet Gatewood - viveu nos idos do ano 1.640, era uma prostituta e ancestral de Rosie Gatewood. Harriet teve um relacionamento amoroso com o reverendo do povoado, Geert De Haan, e desta relação proibida nasceu um bebê, o qual foi retirado de Harriet um pouco antes de sua morte.

       

Geert De Haan - reverendo do povoado e ancestral de Kirk De Haan. Geert teve um relacionamento proibido com a prostituta Harriet Gatewood e desta relação nasceu um bebê.


 

       

Duncan McCoy - carpinteiro do navio que trouxe os peregrinos até o Novo Mundo e antepassado de Chris McCoy. Duncan foi julgado  e condenado à morte por Reginald Huckabee que o acusou de canibalismo. Chris McCoy esclarece que quando o navio aportou em 1.642 no Mundo Novo, todos estavam morrendo de frio e fome, foi quando desesperado pela fome, alguns sobreviventes peregrinos, incluindo Duncan, comiam os corpos dos peregrinos mortos pelo frio. A partir desse incidente, as famílias Huckabee e McCoy se tornaram inimigas pelo resto de seus dias.


       

Theodora Hecate - antepassada da bruxa Luna Hecate. Theodora era a única pessoa que sabia a verdadeira identidade dos membros da Ordem Carmesim, mas como era boa para guardar segredos, jamais os revelou a quem quer que fosse.


    

William Kingsley - oficial dos peregrinos que viveu por volta do ano de 1.640. William era o responsável por encobrir todos os assassinatos cometidos pela Crimson Order ou Ordem Carmesim. Com o tempo, o sobrenome Kingsley foi mudado para King. William é o antepassado do Chefe de Polícia de Grimsborough, Samuel King e de sua neta Cathy King.


 

    

Keme Peota - o mais bravo guerreiro da tribo Aloki e ascendente de Delsin Peota. Durante um certo tempo, Keme e a índia Inaya viveram uma bela história de amor e ambos estavam destinados a viverem o resto de suas vida juntos; foi quando Inaya salvou um grupo de peregrinos do frio intenso e se apaixonou por um deles, Solomon Grimmes, com quem veio a se casar. Keme ficou com seu coração destruído e após a morte de sua amada, prometeu aos espíritos que um de seus descendentes vingaria a morte de Inaya, removendo a mão de um descendente de Solomon Grimes.

    

Solomon Grimmes - ancestral de Milton e Sandy Grimmes. Solomon era um dos peregrinos que aportou no Novo Mundo por volta de 1.640. Se casou com a bela índia Aloki, Inaya, com a intenção de roubar as terras e os tesouros dos índios Aloki.


    

Mary Goodwin - foi uma peregrina que viveu por volta de 1.640 e comentavam que era praticante de bruxaria. Era ancestral de Tess Goodwin e Morgan Goodwin. Mary reuniu informações sobre as atividades ilícitas da  Ordem Carmesim e prometeu divulgá-las para o povo da aldeia. Antes de morrer, Mary Goodwin disse suas últimas palavras para Claire Bell, ancestral de Constance Bell, na esperança que seus descendentes expusessem a verdade sobre a Ordem. As  provas contra a Ordem foram entregues por Mary para Claire, momentos antes de ser morta.


 

       ​

Katherine Johnson - viveu por volta do ano de 1.640 e foi a cozinheira na Festa dos Peregrinos. Ela não teve nenhum papel relevante na história da fundação de Grimsborough e talvez seu grande papel tenha sido ser a ancestral de Serena Johnson, Howard Johnson e Veronica Johnson.


   

   

Reginald HuckabeeElma Huckabee Pip Huckabee - ancestrais de Stuart Susan Huckabee. Ambos viveram por volta do ano de 1.640. Pip foi assassinado à mando da Ordem Carmesim e Elma foi obrigada a se calar, caso contrário todo o restante de sua família seria morta.


 


cooltext216303867172024.jpg

Assassinatos do passado que influenciaram os assassinatos no presente


Muitos assassinatos foram cometidos no passado por membros da Ordem Carmesin e todos motivados pelo fato de pessoas quererem contar coisas sobre a Ordem ou ameaçar revelar a identidade de seus membros.


Para que vocês entendam a relação Passado/Presente, vamos citar as vítimas da Ordem Carmesim no passado e seus descendentes (alguns viraram vítimas séculos depois).

 

 

Pip Huckabee – foi um jovem Peregrino que viveu por volta de 1.640 com sua mãe, Elma Huckabee. Pip foi assassinado em 1.642 e seu corpo foi enterrado no porto da vila, aonde agora é a cidade de Grimsborough. Neste ano, Pip estava em um navio de peregrinos que navegava rumo a um mundo novo. No navio, Pip assistiu escondido a um ritual da Ordem Carmesim e, ao ser descoberto, foi morto pelos membros que temiam ter seus segredos revelados pelo menino. Chegando ao porto Pip foi assassinado, colocado em um caixão e enterrado ali mesmo. Séculos depois, Stuart Huckabee, descendente direto de Pip Huckabee, no Caso 52 – Admirável Mundo Novo, pediu a equipe de Jones que fossem até o porto escavar. Durante as escavações no porto, o caixão contendo os restos mortais de Pip foi encontrado.

 

 

Elma Kuckabee – foi uma senhora peregrina que viveu por volta dos anos 1.600. Era mãe de Pip Huckabee e ancestral de Stuart e Susan Huckabee. Não se sabe muito sobre a morte de Elma, sabe-se apenas que um dia ela foi procurada por um membro da Ordem Carmesim que ameaçou matá-la e o restante de sua família, caso ela contasse alguma coisa sobre a Ordem e o assassinato do pequeno Pip.

 

 

Inaya – índia Aloki que em 1.640 viveu uma estória de amor com Solomon Grimmes, um peregrino ancestral de Milton Grimmes e juiz do Novo Mundo. Em 1.643 Inaya e Solom se casaram e no início da festa o noivo assassinou a noiva. Motivo: Solomon era membro da Ordem Carmesim e interessado em uma mina de ouro que pertencia desde o século XV aos índios Aloki e que  sustentaria a Ordem por muitos séculos, seduziu a pobre Inaya, fazendo com que ela acreditasse em seu amor. Solomon então convidou os peregrinos e os índios Aloki para sua festa de casamento, foi quando muitos índios Aloki foram dizimados pela Ordem Carmesim e enterrados em uma vala bem funda para que as autoridades da época não descobrissem o que aconteceu. Só que um dos índios Aloki amaldiçoou todos os descendentes futuros de Solomon.

 

 

Harriet Gatewood – viveu no ano de 1.640. Era uma prostituta. Harriet foi esfaqueada até a morte por Geert De Haan, após dar à luz a um bebê. Geert era um reverendo e com medo que toda a cidade descobrisse que ele teve um filho com uma prostituta decidiu matar Harriet. Por ordem dos membros da Ordem Carmesim, Geert foi obrigado dizer ao povo da aldeia que a criança foi encontrada na floresta e ela teria um ‘dom de Deus’, como se fosse uma ‘criança milagrosa’ e que o fato de encontrá-la em uma caverna significava que ele deveria ser o novo líder dos peregrinos.

Mary Goodwin – foi uma peregrina que viveu no ano de 1.640 e comentavam que era praticante de bruxaria. Era ancestral de Tess Goodwin. Mary foi morta em 1.649, amarrada a um poste e colocada em uma fogueira. Mary reuniu informações sobre as atividades ilícitas da  Ordem Carmesim e prometeu divulgá-las para o povo da aldeia. Antes de morrer, Mary Goodwin disse suas últimas palavras para Claire Bell, ancestral de Constance Bell, na esperança de que seus descendentes expusessem a verdade sobre a Ordem. As  provas contra a Ordem foram entregues por Mary para Claire momentos antes de ser morta na fogueira.




cooltext216303911267700.jpg

 

 

Gerald Walker – foi morto aos 37 anos de idade. Nada é conhecido de Gerald, nem mesmo o motivo de sua morte. Gerald foi encontrado morto com a garganta cortada e uma testemunha disse ter visto uma pessoa envolta em uma capa vermelha fugindo do local do crime. Acredita-se que o mesmo que aconteceu no passado com Pip Huckabee tenha ocorrido com Gerald. Após a morte do Chefe de Polícia de Grimsborough, Samuel King, sua neta Cathy King, encontrou um artigo sobre uma das investigações de seu avô e nele Gerald era descrito como “Assassino da Capa Vermelha”. Foi descoberto através de Jason Palms que Samuel King era membro da Ordem Carmesim e que o mesmo havia feito os arquivos sobre a morte de Gerald ‘sumirem’ por ordem dos membros da sociedade secreta. Você irá encontrar Jason Palms no Caso 52 – Admirável Mundo Novo.

 

 

Donna King – esposa do Chefe de Polícia de Grimsborough, Samuel King. Donna foi morta em 2.004 por Shane Kolinsky, membro da Ordem, durante uma tentativa de assalto, para chantagear o Chefe Samuel King e forçá-lo a não deixar a Ordem Carmesim.

 

 

 

Adam Bentley – morto com um tiro entre os olhos em 2.013 pelo Chefe de Polícia Samuel King. Motivo: Adam descobriu o ilícito sobre a Mina de Ouro que pertencia há vários séculos a Ordem Carmesim e começou a chantageá-los. Serena Johnson então ordenou que Samuel King matasse Adam Bentley.

 

 

 

Stuart Huckabee – morto em 2.014 com uma faca de ostra, por sua irmã Susan Huckabee. Motivo: Stuart Huckabee estava realizando pesquisas sobre a Ordem Carmesim e estava prestes a revelá-las publicamente, foi quando membros da sociedade secreta ordenaram que Susie matasse Stuart, caso contrário, eles acabariam com ela e toda a sua família.

 

 

Rosie Gatewood – morta em 2.014 com um dardo envenenado lançado contra seu pescoço. Rosie foi assassinada por Ashton Cooper, membro da Ordem Carmesim. Motivo: em suas pesquisas sobre a sociedade secreta, Rosie descobriu um grande segredo sobre a Ordem e iria publicá-lo.

 

 

Tess Goodwin – morta em 2014, queimada em uma fogueira por Luna Hecate. Motivo: Tess havia descoberto segredos da Ordem quando pesquisava sobre seus antepassados.

Delsin Peota – morto em 2.014, escalpelado ainda vivo. Ele foi assassinado por Milton Grimmes, líder da Ordem. Motivo: Delsin estava tentando expor a Ordem contando sobre o túmulo secreto no canteiro de obras no bosque.